quarta-feira, dezembro 08, 2010

Escala Von Richthofem de amor fraternal...

Fato 1: Eu sempre dormi em cama de solteiro. Desde que eu me conheço por gente eu queria uma cama de casal. Eu me movimento muito dormindo e volta e meia acordava com a perna fora da cama. Meu sonho era que meus pais comprassem uma cama nova e me dessem a deles.
Em janeiro eu me mudei pra SP, pouquíssimo tempo depois eles compraram uma cama nova e colocaram a deles no meu quarto, em tese é minha, mas eu não posso usar.

Fato 2: Qdo nos mudamos para a casa onde meus pais moram hj, fazem mais ou menos 20 anos, foi realizada a primeira de muitas reformas e as janelas foram trocadas. Nos quartos tinham janelas de madeira, duplas mais ou menos como essa:


E foram trocadas pelas famosas e caras (e na minha opinião feias) sasazaki. Que eram mais seguras, não enferrujavam, enfim, como essa:


Não sei se foi pra convencer a gente de que era um bom negócio trocar aquela linda por essa horroroza, mas meus pais fizeram um salseiro tão grande que eu conclui que era mais fácil troca meu rim do que a janela ( e olha que meu pai adora brincar de LEGO com a nossa casa). Me conformei. Mas desde que a piscina ficou pronta, minha maior vontade era arrancar aquela janela e colocar uma porta, nem precisava ser blindex.
Essa semana eu soube que foi exatamente isso que aconteceu. Agora no meu quarto, ao invés dessa janela medonha tem uma porta de blindex que eu imagino seja parecida com essa:


Fato 3: A vida toda nós tivemos umas carroças de carro, hihihi. Sempre carro velho. Mas eu sempre peguei, mesmo antes de ter carteira (hehehe) e a vantagem de ser velho é que meu pai não se preocupava com o carro e eu menos ainda. Curtia horrores. Mas as vezes, muitas vezes, dava merda. O carro quebrava na rua de madrugada entre outras coisas (tinhamos um personal mecânico que me socorria, as vezes eu ligava direto pro Tulipa). No dia 20 de novembro de 2009, exatamente dois meses antes de eu me mudar pra SP, meus pais foram contemplados no consórcio e deixaram de andar num desses:

 Verona branco mil novecentos e bolinha.
Para andar num desses:


 Gol Power cinza chumbo 2008/09.

No verona, quando teve som (é, porque foi roubado), era um toca-fitas parecido com esse:


No gol, meu pai fez questão de colocar um som, que toca, além de cd e mp3, com controle remoto, entrada usb e p/ Ipod, igualzinho a esse:


Detalhe: Colocou o som no dia em que foi me levar para pegar o avião pra SP.

Aí eu fiquei aqui pensando na ironia de tudo isso. Ou a Lei de Murphy resolveu colar em mim, ou meus pais subiram três pontos na escala richthofem de amor fraternal.


Dependendo do presente de natal podem voltar pro patamar anterior... ou não!
Brincadeira Mamy!!kkkkkkkkkkkkkkk

É o que tem pra hj.
#bjmeliga.

Um comentário:

aline disse...

Apos uns 10 min de risadas...
Jesuissssssss realmente parece complooooooo msmo ou qq coisa do tipo..to pasma senhor...
Mtas coisas neh!!!Eu estaria puta mas enfim...o q adianta fika puta neh!!??