sábado, abril 30, 2011

Fica, vai ter cachorro.

Todas as noites que eu passei em PP os dois cachorros (Thiago e Frida) dormiram no meu quarto. Deitavam na cama comigo (Sorry Nati), mas acabavam descendo e dormindo. O Thiago no tapete e a Frida na caminha dela.
Na minha última noite o Thiago desceu, mas de manhã subiu de novo e a Frida não desceu, ficou o tempo todo comigo, enroscadinha. Uma dilícia!!!
Essa é a Frida.
Esse é o Thiago.
Os dois e eu.
Hummm, eu quero...
É o que tem pra hj.
#bjmeliga.

Unhas da semana especial

Eu me rendi ao craquelado. Isso mesmo. Eu tava achando estranho, parecia que a unha tava mal feita, vi uma combinações bem esquisitas, feias mesmo, mas mesmo assim resolvi testar.
O truque é saber fazer uma combinação legal, eu vi no blog da Luiza uma combinação legal e por isso resolvi tentar. Ela usou como base um esmalte grafite e a cobertura craquelada preta.
Eu fiz outra combinação que também ficou bem legal, passei um prata cromado de base e a cobertura craquelada preta, vamos ver:

Achei muito boa essa combinação, ficou chique, kkkk.


Agora prestem atenção, esse esmalte craquelado exige certos cuidados.
É importante esperar a base secar bem mesmo antes de aplicar senão vira uma meléca.
Mas não precisa ter medo de aplicar, uma vez é o suficiente, mas bem generosa. Se ficar estranho, tipo oncinha, pode passar outra que dá certo, mas espera secar.

O efeito é muito doido, vc passa e cobre toda a unha, aí o esmalte começa a retroceder, como se fosse uma esponja secando, dá a impressão que ele vai "saltar" da unha. Ele seca bem rápido.
Vou tentar outras combinações, com dourado por exemplo (assim que chegar o meu dourado da avon) e com preto brilhoso, porque a cobertura é fosca.

É o que tem pra hj.
#bjmeliga.

sexta-feira, abril 29, 2011

I'm back to SP + unhas da semana passada.

Voltei pra Paulicéia desvairada e tô hiper mega maxi resfriada. Tá phoda viu... O vôo foi uma merda, eram pra ser 1:23 h e por causa de uma puta turbulência ficamos mais meia hora no ar, no frio, dentro de uma nuvem branca gelada horrível, uma bosta.
Tenho milhares de matérias pra colocar em dia então a frequência do blog vai continuar lenta.
Mas pra não dizerem que eu abandonei tudo e fugi pro Paraguai (kkkk), eis a unha da semana (PASSADA), fiz lá em Ponta, na quinta ou sexta-feira, num lembro. Olhaí:

Hits tititi, "marcela".
Levei um pra mamy e usei, rá!
Amanhã farei as unhas de novo porque tá uma iéca.

Quanto à viagem pra fronteira, eu vou postando as fotos aos poucos, só pra dar um gostinho, uma foto do churrasco (de picanha) que teve lá em casa na sexta-feria santa (porque somos todos hereges, kkkkkk):

Coraçãozinho com as mãos, muito "gozado", kkkk (piada interna)

 Na foto: Tite, Pedro, Lari, Quinho, Luana e Eder. Teve mais gente, mais goró, mais carne, mais bagunça, aguardem e confiram.
Eu postei um monte de fotos lá no meu facebook gente, corre, vai ver...

Agora deixa eu ir me drogar (dorgas manolo) que esse resfriado tá phoda, eu já disse isso?

É o que tem pra hj.
#bjmeliga

domingo, abril 24, 2011

Não eu não morri....ainda!

Estou sem dar notícias, mas prometo que assim que voltar pra terra da garoa atualizarei meu feriadão.

Estou numa semana etílica que termina hoje, RÁ!!!
Vamos a um rápido...
E o que teve?

Teve tequila
com direito a tequilisses...


teve cerveja importada, das boas pq eu num sou boba...
e teve skol, porque né?
Teve muita gordisse...
churrasco,

Moqueca de pintado,

Bacalhau,
Teve minha irmã atendendo o chamado da nave-mãe:

Passando calor em Amsterdã.
Teve cachorro:


Mas o melhor que teve foi amigo, delícia...


Cordei, cadê carência?
Muito amor viu... vi quase todo mundo que eu queria, agarrei eles todos muito, mas muito mesmo.
Mas essa é uma outra história e pra esses fatos eu vou fazer post especial.
Agora deixa eu me arrumar que porque hoje num tem feira, TEM CHURRASCO!!!

É o que tem pra hj.
#bjmeliga

quarta-feira, abril 20, 2011

Transtorno Obsessivo Compulsivo

Quando eu tava lá divagando no dentista, me lembrei do meu primeiro toc, da primeira situação que me proporcionou esse lindo e aconchegante prazer.

Nem eu...
Sem contar é claro quando a gente é criança e não pisa no branco ou no preto da calçada porque aí é só de farra mesmo. O mundo não corre o risco de acabar porque a gente pisou na cor errada, kkkk.

Feita pra enlouquecer as pessoas.
Foi no consultório de uma dentista. Enquanto ela se divertia me torturando (hahahah), eu contava "coisas" no teto dela. Parafuso, marquinha de sujeira, lasca no gesso, detalhes da lâmpada... uma diversão!!!
O bom é que qdo eu já tinha decorado o teto ela sempre trocava de consultório e me proporcionava toda uma nova diversão.

O primeiro dia era o pior, porque se a tortura  tratamento era rápido e terminava antes de eu terminar de escanear o teto, eu saia de lá tensa, aff! kkkkkkk!

Bom, no teto do meu novo dentista tem dois suportes de lâmpada fluorescente, com duas lâmpadas cada (uma levemente escurecida no canto onde tem uns troços escrito) e tem uma proteção de grade em cima, com 156 gradezinhas em cada. O teto é branco, tem uma sanca de gesso com a borda verde.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
..... Já pode internar????

É o que tem pra hj, ou não.
#bjmeliga

Ludovico technique

A Técnica de Ludovico, aplicada ao personagem Alex no filme Laranja Mecânica tem todo um novo significado pra mim nesse momento...


Eu passei por algo bem parecido agora a pouco. No dentista...

Ludovico bucal
Uma parada sinistríssima. E por uns 40 minutos. Aí pra passar o tempo, mandei uma msg no celular do meu "primo" e ele respondeu um troço que normalmente nem ía achar tão engraçado, mas como tava com esse hipopótamo na boca, até engasguei tentando segurar o riso, kkkkkkk. 

Meu pai disse que eu vim pra PP pra fazer reforma, pq ontem eu fiz progressiva (ficou um lushoo) e hj fui no dentista. Vou aproveitar que todos ama neste momento né? E vou embora antes que todos odeia, kkkkk!!

Se der tempo e eu tiver saco, posto unha nova mais tarde.
É o que tem pra hj (ou não, como diria Caetano).
#bjmeliga

segunda-feira, abril 18, 2011

Agatha e Gaga

Eu fui na casa da Simony conhecer a Agatha. Achei que ela seria uma bugrinha, mas não. Aí a Simony mesmo me disse que é preta de tomar sol, é verdade. A Agatha é linda. Minha afilhadinha, a primeira. Minha e da Jú. Nem quero saber, sou madrinha dela e ponto, kkkkk. Olha aí que linda que ela é:
No colo da mamãe.
No colo da dinda.
Linda, sorridente, querida, uma fofa, tá decidido, vou roubar ela.... kkkkk.

Bom aí mais tarde eu fui na Casa China, o paraíso dos importados RÁ!

Fui ver se tinha mesmo o batom da M.A.C. e se era mesmo bem mais barato que no Brasil e adivinhem..... era tudo verdade!!!! \o/
Comprei o M.A.C. Viva Glam Gaga II. Simplesmente um lushoo!!

MAC Viva Glam Gaga II
É impressionante o poder de um batom na vida e no humor de uma mulher, sério, tudo fica diferente, kkkkk.
E o batom é maaaaraaaviiilhooosoooo.
Bom agora deixa eu ir porque tem uns bons drinks me esperando.
Fui....
É o que tem pra hj.
#bjmeliga.

Cheguei! Cadê carne?

Cheguei em Campo Grande domingo, 11:30 am. Saí do avião, aquele bafo quente. Aff, que terra quente meudeulz. Fomos pra Dourados, almoçamos com a turminha. Cheguei em PP eram umas 5:00 pm. Comi um lanche e morri.
Hoje acordei cedo e fui no dentista... Rá, por essa ninguém esperava, né? Mas falando sério, eu tenho mais medo de dentista do que de tatuador, kkkkkkk. Sou coxinha?? Thunderbird disse que não. Ele fez uma twitcam no sábado de noite e batemos um papo. Adoro ele, aquele lindo!

Aí hoje eu queria comer carne, mas carne de verdade. Porque sério mesmo, em São Paulo é mais fácil achar um hetero disponível do que carne boa. Hahaha! Paulistas queridos, não me odeiem, mas vcs não sabem comer carne. PRONTOFALEI.

Isso é carne:
Picanha mal passada
E o melhor acompanhamento é esse:

Mandioca cozida
Sem mais vou alí himbernar uma meia hora e volto depois, ou não, sei lá.

É o que tem pora hj.
#bjmeliga.








sábado, abril 16, 2011

Tá phoda viu...

Eu sei que eu sou difícil. Sou grossa, agressiva e sem paciência pra besteira, principalmente quando tô ocupada. Mas eu tô trabalhando nisso e tenho melhorado muito. Eu já fui muito, mas muito pior.
Mas tem uma coisa que me tira do sério é ser acusada de ter dito ou feito algo que não fiz. Já é difícil lidar com o que a gente diz, imagina ter que lidar com o que não falou. Não aguento quando põem palavras na minha boca. Você falou isso, assim, assim e assado. Caraio, a interpretação é de deixar qualquer um sem ação. Quando eu realmente passo dos limites e faço ou digo alguma coisa reprovável, nem percebe.
Daí começa com aquele texto de que é o pobre coitado, que não estudou que diferente de mim que sou formada e caralho a quatro, que eu sou mais inteligente e tals. Aff.
Eu sei que sou boa fazer uma pessoa se sentir culpada, é uma coisa que eu faço sem nem perceber, e depois me sinto mal, mas faço. É como diz o Homer Simpsom, "A culpa é minha e eu coloco ela em quem eu quiser." Mas ela é mestre, pós-graduada em drama, viu. E eu só discuto uma em cada zilhões de vezes que me dá vontade. Eu ando pisando em ovos. É um saco. Eu tenho que conseguir sair daqui, logo. Eu preciso do meu espaço, do meu canto, senão vou acabar enlouquecendo e enlouquecendo alguém.

Ainda bem que eu embarco pra PP em menos de dez horas. Vai ser uma alívio passar esse tempo longe dos problemas daqui. Só espero não reencontrar os velhos problemas de lá.

É o que tem pra hj.
#bjmeliga

sexta-feira, abril 15, 2011

Done!

Terminei de baixar e assistir todos os episódios do The Big Bang Theory e agora minha vida está vazia... kkkkkkkk.
Voltei ao estágio anterior, em que eu estava com Gossip Girl e True Blood. Eram duas agonizantes esperas pelo retorno do seriado agora serão três. Nessas horas eu agradeço por FRIENDS já ter terminado e eu ter posse e propriedade de todos os episódios. ALOKA!!

Aí que hoje eu tava dando umas bandas pela internet e achei esse trecho de uma entrevista ilária que a Kaley Cuoco (Penny) deu pra Ellen Degeneres. Ri alto. Duplo sentido é phoda, literalmente.


Muito engraçado ela tentando explicar o inexplicável.

É o que tem pra hj.
#bjmeliga

quinta-feira, abril 14, 2011

Unhas da semana

Ok, eu sei que passei esse mesmo esmalte recentemente, mas sei lá porque eu gostei desse rosa, muito. Vai entender né? Detalhes no dia 01 de março. Vejam a foto:

Rose Bombom da risqué. Passei três camadas porque é ralo. Vou pintar meu pé com ele amanhã, se ficar bonito eu fotografo e mostro.

Mudando de assunto, eu realmente não entendo as pessoas. No geral. Nunca sei o que esperar delas. Qdo acho que vem uma reação, vem outra completamente diferente. Acreditem, é um erro julgar os outros por si. Eu acho desnorteante quando a reação de uma pessoa é absolutamente inesperada. Isso sempre acontece. Antes de iniciar uma conversação ou fazer alguma coisa eu gosto de tentar adivinhar qual será a reação, sempre imagino várias. Dificilmente eu acerto. Por exemplo, eu achei que o último post teria vários comentários e surpreendentemente, pra mim, nào teve nenhum (ainda). Aí eu posto alguma coisa que acho totalmente boba e desinteressante e isso sim gera comentários. Mas o pior mesmo é com minha vó. Ela não faz a menor ideia do que a gente tá falando, mas quer dar palpite, sempre. As vezes até ofende viu, mas deixa pra lá.

Ontem eu fiquei o dia todo de mal humor (Cêjura?) mas dessa vez teve um motivo, o Juão (o gato). O danado resolveu me acordar as 5:30h da manhã. Como? Arranhando a porta do quarto pelo lado de fora. Caraio, me deu um puta susto. Imagina a pessoa dormindo, no melhor do sono (parece que o corpo sabe que vai ter que levantar logo e capricha no finzinho) aí vem um barulhos esquisitíssimo que vc não sabe o que é. A pessoa acorda, ainda tá escuro e aquele barulho estranho. Aff.
Resumindo, hj teve churrasco em casa...
.
.
.
.
.
.
.
.
... BAZINGA!

kkkkkkkkkkkkkk. Bem capaz que eu ia fazer essa maldade com o Juão, apesar da alergia que ele provoca em mim e de suas manias estranhas eu adoro ele.

É o que tem pra hj.
#bjmeliga

terça-feira, abril 12, 2011

Contra a intolerância #EUSOUGAY

Adriele Camacho de Almeida, 16 anos, foi encontrada morta na pequena cidade de Tarumã, Goiás, no último dia 6. O fazendeiro Cláudio Roberto de Assis, 36 anos, e seus dois filhos, um de 17 e outro de 13 anos, estão detidos e são acusados do assassinato. Segundo o delegado, o crime é de homofobia. Adriele era namorada da filha do fazendeiro que nunca admitiu o relacionamento das duas. E ainda que essa suspeita não se prove verdade, é preciso dizer algo.
Eu conhecia Adriele Camacho de Almeida. E você conhecia também. Porque Adriele somos nós. Assim, com sua morte, morremos um pouco. A menina que aos 16 anos foi, segundo testemunhas, ameaçada de morte e assassinada por namorar uma outra menina, é aquela carta de amor que você teve vergonha de entregar, é o sorriso discreto que veio depois daquele olhar cruzado, é o telefonema que não queríamos desligar. É cada vez mais difícil acreditar, mas tudo indica que Adriele foi vítima de um crime de ódio porque, vulnerável como todos nós, estava amando.
Sem conseguir entender mais nada depois de uma semana de “Bolsonaros”, me perguntei o que era possível ser feito. O que, se Adriele e tantos outros já morreram? Sim, porque estamos falando de um país que acaba de registrar um aumento de mais de 30% em assassinatos de homossexuais, entre gays, lésbicas e travestis.
E me ocorreu que, nessa ideia de que também morremos um pouco quando os nossos se vão, todos, eu, você, pais, filhos e amigos podemos e devemos ser gays. Porque a afirmação de ser gay já deixou de ser uma questão de orientação sexual.
Ser gay é uma questão de posicionamento e atitude diante desse mundo tão miseravelmente cheio de raiva.
Ser gay é ter o seu direito negado. É ser interrompido. Quantos de nós não nos reconhecemos assim?
Quero então compartilhar essa ideia com todos.
Sejamos gays.
Independente de idade, sexo, cor, religião e, sobretudo, independente de orientação sexual, é hora de passar a seguinte mensagem pra fora da janela: #EUSOUGAY
Para que sejamos vistos e ouvidos é simples:
1) Basta que cada um de vocês, sozinhos ou acompanhados da família, namorado, namorada, marido, mulher, amigo, amiga, presidente, presidenta, tirem uma foto com um cartaz, folha, post-it, o que for mais conveniente, com a seguinte mensagem estampada: #EUSOUGAY
2) Enviar essa foto para o mail projetoeusougay@gmail.com
3) E só :-)
Todas essas imagens serão usadas em uma vídeo-montagem será divulgada pelo You Tube e, se tudo der certo, por festivais, fóruns, palestras, mesas-redondas e no monitor de várias pessoas que tomam a todos nós que amamos por seres invisíveis.
A edição desse vídeo será feita pelo Daniel Ribeiro, diretor de curtas que, além de lindos de morrer, são super premiados: Café com Leite e Eu Não Quero Voltar Sozinho.

Quanto à minha pessoa, me chamo Carol Almeida, sou jornalista e espero por um mundo melhor, sempre.

As fotos podem ser enviadas até o dia 1º de maio.
Como diria uma canção de ninar da banda Belle & Sebastian: ”Faça algo bonito enquanto você pode. Não adormeça.” Não vamos adormecer. Vamos acordar. Acordar Adriele.

— Convido a todos os blogueiros de plantão a dar um Ctrl C + Ctrl V neste texto e saírem replicando essa iniciativa —  (feito)

Chega logo domingooooo

Tô super ansiosa pra ir pra Ponta Porã. Como só penso nisso, ando sem ideia nenhuma de post pro blog.
Eu leio alguns blogs de humor inteligente e debochado, de fofocas e maledicências, de trollagem e afins : testosterona, naosalvo, kibelocotedouumdadomorridesungabrancacleycianne, katylenecarolinaminhafilha, só por diversão. Leio também alguns blogs mais sérios, mas isso fica pra outro dia.
Hoje eu vi duas coisas legais no blog testosterona e vou kibbar, na cara de pau, vejam:


Mas se depender da paquera feminina, a porcentagem diminue muito, olha só como mulher flerta:


É o que tem pra hj
#bjmeliga.

domingo, abril 10, 2011

Tô com preguiça....

Tô com preguiça, tô enxoxotada, melancólica,  tô com uma sensação de que tinha que fazer uma coisa mas não me lembro o que, tô com vontade de comer alguma coisa que eu não sei o que é. Não sei nem se é doce ou salgado, hehehe.

"Trancar é tratar".

Traduzindo, acho que vai descer, kkkk. Hormônios....

Pelo menos não tô querendo matar ninguém, né? Já é uma grande vantagem, dá até pra ficar no meio de outras pessoas, tipo seres humanos mesmo.

Já sei, vou alí assistir The Big Bang Theory e me sentir um pouco burra e já volto.

É o que tem pra hj.
#bjmeliga.

sexta-feira, abril 08, 2011

Corre genthy, vem ver!!!


Gente, PARA TUDO!!!

Olha esse video. Tá ruim, sem sincronia, mas vale a pena. Aos 3:38 tem uma imagem e o som aparece aos 4:19. Eu tinha esquecido disso, kkkkk. Na verdade disseram que teve uma enchente que destruiu todas as fitas que ficavam no SBT, então eu nunca achei que ía assistir. Continuando, aos 6:17 tem uma garota toda serelepe sejogando ao som de "atirei o pau no gato, versão Pink Floyd", kkkkk

Pra quem não tem paciência eu dei um print, vejam:

Alô, som, som...

Que lindas...
Que lokas...

Huahuahuahuahuahuahuahuahuahua!!
Esse foi ao vivo, no dia 18 de dezembro de 1995. No mesmo dia foi gravado o "fala garoto", que era qdo o Serginho entrevistava alguém da platéia. Sabe quem ele entrevistou? Quem? Quem? Quem?


EU!

Isso mesmo, disseram que ía passar me janeiro, mas passou dia 26 de dezembro se não me engano e eu não vi. Mas Ponta Porã INTEIRA viu e Dourados (onde eu tava fazendo faculdade) também viu. Ou seja fiquei famosa, virei celebridade. Parapazzi me seguindo, fofocas em revistas, aff, um horror!!! Kkkk.
Eu mesmo nunca vi o video, mas tô procurando na internet, se achar, CLARO que eu posto. Afinal mico que é mico tem que ser compartilhado, nénão?

É o que tem pra hj.
#bjmeliga

P.S.: Vcs num imaginam como minha tatuagem tá coçando, aff. Dificil de segurar viu!

Combo unha + refrigerante + batata e brinquedo.

Olá amiguinhos. Vários baphos. Tomei uma decisão e só de decidir já fiquei feliz. Aloka!!! Vou visitar Mamy, Dady e Thití. Oba! Viajo dia 17, volto dia 27 de abril, mas farei o possível para manter o blog atualizado. Ok?!

Agora vamos a unha da semana:


pretinho nada básico

A cor é o "metal glam" da coleção SPFW da impala. É um preto metalizado que parece muito com o grafite da risqué. O esmalte é ralo, por isso passei três camadas, mas é bonito. Se bem que eu sempre gosto do preto, né? Mas é um preto pra quem não gosta também, porque chega a ser discreto.

Ok, próxima:

Minha tatuagem.

Na quarta eu fui no tatuador e pintei minha tatto. Não terminei, falta dar o realce, que é passar o branco em alguns lugares pra realçar o vermelho. Era pra ter feito isso no fim, mas depois de mais de três horas de dor (isso mesmo dessa vez doeu pra cacete) na hora que ele encostou de novo as agulhas na primeira flor, que já tava cicatrizando, eu não aguentei. E eu não sou fresca viu!! Por isso vou voltar lá em maio, pra fazer algum retoque que seja necessário e pra realçar o que tiver que ser realçado.

Mas peraí, vc disse agulhaS??  É, foi isso mesmo. Pra fazer o contorno é usada uma agulha, mais grossa, mas é uma. Pra pintar, principalmente qdo o desenho é grande, são usadas mais agulhas, no meu caso foram treze (13). Olha aí, era tipo isso:

Hum, que dilícia!!
E foi por isso que dessa vez eu achei que doeu mesmo. Eu não tava mentindo qdo dizia que era uma dorzinha de nada, era, mas com esse novo instrumento de tortura aí de cima, não é mais. Treze dorzinhas = a uma dorzona. Kkkk.
Mas vamos ao que importa, fotos de como ficou, por enquanto, a minha tatuagem:

Também vou melhorar o vermelho.

Essa de baixo é a + bonita.

E tbm aumentar a sombra ao redor.
 Essa sombra vai clarear. Aliás, ela toda vai ficar mais clara. Eu quero que fiquem todas como a flor mais de baixo, vermelho bem vivo. E vou sombrear mais ao redor das flores.
E aí galerinha, ficou legal?
E aí maninha, ainda tá maloqueira?

É o que tem pra hj.
#bjmeliga

quinta-feira, abril 07, 2011

Dicionário de bichês-português.

Hoje eu achei essa preciosidade na internet, AMEI!
É especialmente pra vc que não entende nada do que sua amiguinha Bee fala, eis a tradução, se joga mona:
A

A Bete Faria: modo de se referir a um homem que cobiça
Abafar: pode ser usado de duas formas: como sinônimo de arrasar (ex.: cheguei linda e abafando) ou para encerrar um assunto indesejado (ex.: abafa o caso)
Abalar: arrasar, fazer algo direito (abalou)
Abilolado: abestalhado, lesado, louco do bem
Agasalhar: ato de envolver um pênis com o ânus ou boca
Ai meu edi: expressão que significa "ai que saco"!
Afofi: cheiro ruim
Ajeum: comida ou despacho
Alibã: policial; polícia; o carro patrulha
Agaraneime: dentes podres
Aleijo: problema
Alice: bicha tola
Almôndega: aglomeração de homens que se juntam para um esfrega-esfrega básico. Começou no começo dos anos 90 nos clubes de SP, mas as barbies ainda fazem
Alôca: finaliza frases que pretendem ser bem humoradas. Ex: Você não é feia, é exótica, alôca!
Amapô ou amapôa: mulher
Apatá: sapato; calçado
Apodrecer: falar mal alguém
Aquendar: palavra multiuso, dependendo da sua utilização. Ex: Aqüendar um sanduíche (comer), aquendar um bofe (trepar), aquendar a conversa (escutar ou participar)
Aqué: dinheiro (10 aqueres+10 reais)
Armário: enrustido, Sair do armário: se assumir
Arrasar: fazer algo bem-feito
Arrasa: vai lá, se joga
Arrombada(o): aquela ou aquele que já fez muito sexo anal
Atacada: louca, nervosa
Atender: fazer sexo com Ativo: O que penetra (gays)/a que toma iniciativa (lésbicas)
Avoa: quando alguém chato ou inconveniente se aproxima e você diz: avoa bicha!

B

Babadeira: bicha ou travesti barraqueira que gosta de dar escândalo
Babado: serve para quase tudo. Sexo, drogas, encontros, comida, música, conversa. Vale também para a célebre pergunta "Qual é o babado?", no sentido de o que está acontecendo?
Badalhoca: pedaços mais ou menos pequenos de fezes que ressecam e ficam presos aos pêlos do ânus
Bagaceira: de baixo nível
Bandeira: dar pinta, mostrar que é gay, desmunhecar
Bandeirosa: aquele que vive dando pinta
Barbie: Gay bastante sarado, com corpo ultra-trabalhado
Barebacking: sexo anal entre homens sem preservativo
Baixar a Vovó: fazer uma boquete
Banheirón: banheiro público onde rola pegação (ver verbete)
Basfond (leia-se báfon): bagunça, confusão, baixaria, bochicho, barra pesada
Bater um bolo: masturbação
Bater bolacha: masturbação entre duas ou mais lésbicas
Baunilha: gay iniciante, sonhador, inocente (sinônimo: Serginho)
Bear: ver Urso
BF: Bicha Fina ou Bolacha Fina: Homossexuais com mais de 30 anos, com dinheiro, chiques e frequentadores de bons ambientes
Bi: redução de bicha
Biba: homossexual masculino ou feminino
Bico (bicudo): sinal externo de quem faz carão
Boa Noite Cinderela: quando você encontra um gostoso, ele lhe dopa e sai com a sua grana
Bocuda: fofoqueira
Bode: cansaço, preguiça. Estar de Bode = estar cansado
Bofe: homem másculo
Bofescândalo: homem gostoso
Bolacha: nome meigo para sapatão
Bombado: quem usa bomba, anabolizantes e suplementos
Bombar: tomar anabolizantes; injetar silicone
Bombadeira: quem inejta silicone industrial (proibido por lei)
Boquete: sexo oral
Bronha: masturbação masculina
Buzum: ônibus

C
Caçação: ato de caçar, de fazer pegação
Caçar: procurar alguém para fazer sexo
Cachorra: pessoa que troca muito de parceiro e transa muito
Cacura: gay idoso
Caixa de surpresas: pênis que quando mole é pequeno mas que cresce sem parar e surpreende no final
Caminhoneira: lésbica bem masculina
Cascaboi: usada por gays mais velhos, designa aquele ser meio carrancudo, chato
Caso: namorado
Carão: fazer carão=fazer pose, esnobar/ ter carão= ser bonito
Caricata: pessoa engraçada, cômica
Charuf: coisa ou pessoa ruim, burra (charufinácia: coletivo de charuf)
Cheque: fezes na ponta do pênis após a penetração anal
Checar: Passar cheque
Chochar: falar mal de alguém ou de algo
Chuchu: sinônimo de barba (expressão usada por drags e travestis)
Chuca: limpeza interna do ânus. Para evitar o cheque, faça a chuca
Close: dar pinta
Coió: agressão homofóbica. Tomar um coió, ser agredido por causa da homossexualidade
Confirmou: designa opinões coincidentes
Cockie: lésbica refinada
Colocada: alguém que abusou de drogas ou álcool
Colocón: sinônimo de álcool, drink ou produtos ilícitos
Cona (ou conam): derivado de maricona, é o gay mais velho
Cunete: o famoso cunnilingus
Cyber-mano: jovem da periferia influenciado pela cultura clubber

D

Dadeira: gay que adora ser passivo e pratica muuuuito
Dar a elza: roubar
Dar close: ficar poucos minutos em algum lugar, dar pinta
Dar o truque: enganar
Dar pinta: mostrar afetação
Débora Kerr: o mesmo que Betty Faria
Desencanado: mais que simpatizante, não está nem aí
Desaquendar: desapegar, desembaçar
Descolado: que não é tímido, expansivo e integrado a algum círculo
Derreter: quando alguém se colocou muito e fica em algum canto esperando a bebedeira passar
Dildo: Vibrador ou outro objeto utilizado para estimular o ânus ou vagina
Do além: pessoa, fato ou lugar estranho, chato, incompreensível
Do bem: pessoa, fato lugar legal, amigo (antônimo: do mal)
Drag Queen: homem que se veste com roupas geralmente associadas ao sexo feminino mas sem esconder que é homem, também associado a maior espalhafato. No original inglês, drag queen é utilizado como o mesmo significado de Travesti (homens que parecem mulheres)
Drag King: versão feminina de Drag Queen, i.e. mulher que se veste de homem
Drama: situação trágica ou tragicômica. Própria das dramáticas. Fazer drama: exagerar no sentimentalismo ao contar/interpretar um fato; dramatizar
Dramática: para Johny Luxo, o mundo se divide em dramáticos e exóticos. Também utilizado como expressão tanto de contentamento como de espanto, alegria, satisfação e tristeza. Pode ser usado como elogio para alguém
Dun-dun: negro ou muito bronzeado
Dyke: o inglês lésbica
Dzarm: versão light de cafona

E

Edi: ânus
Embaçado: difícil; enrolado
Encubado: alguém que não assumiu sua homossexualidade, mas já a pratica
Elza: roubo, dar a Elza: roubar
Entendido/a: gay/lésbica
Equê: falso, do truque, falsificado. ex: Loira do EQ. equezeiro - praticante do EQ
Exótica: pessoa não necessariamente bonita, mas que chama atenção ver Dramática

F

Fake: falso; do truque
Fanchona: caminhoneira
Fashion discontrol: pessoa que se veste de forma bem errada
Fazer: transar com
Fechação: dar pinta de forma escandalosa
Fechar: Fazer sucesso
Ferver: animar, fervido: animado
Flop: tradução direta do inglês, fracasso. Usado também como verbo, flopar
Fist Fuck: penetração da mão/braço
Fofo: pessoa, local ou situação legal
Força no picumã: o mesmo que "vá em frente, coragem"
Frapê: pênis que não endureceu direito, que ficou no meio do caminho
Friendly: o equivalente a simpatizante
Fufa: lésbica
Furiosa: lésbica muito masculina
Futun: cheiro ruim
G

Gay for Pay: Expressão americana que designa homens que preferem mulheres e transam com outros homens apenas por dinheiro (michês ou atores pornô)
Gay Friendly: simpatizante
GDC: Gay de Cabeça, pessoa com comportamento gay, mas com preferência sexual hetero
Gillete: bissexual
GLBT: Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros
GLS: Gays, Lésbicas e simpatizantes. Um comportamento que engloba pessoas de todas as preferências sexuais que frequentam ambientes como casas noturnas e bares gays, são ligadas em moda, cinema e artes
GoGo Boy: homem ou rapaz de corpo bem trabalhado que é pago para dançar mostrando o corpo em discoteca ou bar (tb existem em discotecas hetero)
Gongado: derrubado
Gongar: ato de xoxar algo, de ridicularizar
Gravação: boquete
Gulosa: sexo oral, fazer uma gulosa

H

Homofobia: medo patológico da homossexualidade e dos homossexuais
Hype (leia-se raipe): o que está sendo badalado, a função do momento

I

Irene: gay velho

J

Jaburu: pessoa feia
Jacira: gay bagaceiro e engraçado
Jamanta: aquele que ficou lesado
Jeba: pênis grande, bem-dotado
Jogar o picumã: menosprezar ou ignorar alguém

K

Kassandra: drag queen feia ou mal montada
L

Lady: Lésbica de aspecto feminino
Laleska: pessoa uó
Larica: fome
Lasanha: Rapaz MUITO gostoso! Apetitoso, você sente água na boca só de olhar
Leather: quem gosta da estética SM, usa e pratica
Lesado: quem exagerou na colocação ou está temporariamente burro, distante. Ex.: Grace
Lesada Lesbian Chic: lésbicas executivas, consumistas e finas
Lesbian drama: comportamento característico de lésbicas no término ou crise de relacionamentos (generalização)
Ligar o Pisca Alerta: voltar a si, acordar
Luxuosa: expressão de aprovação para alguém bem produzido, bonito ou hype.

M

Mafiosa: quem faz máfia, que mente e cria situações em proveito próprio
Mágoa de Cabloca: pessoas que já foram famosas um dia, ou os que tentam, mas nunca conseguem
Mala: volume na calça, pênis. No Rio, também significa pessoa chata
Mancha: é o gay super feminino, exagerado, que já passou da "pinta"
Mati: algo pequeno. Ex: neca mati (pênis pequeno)
Matusalém: pessoa velha
Mayumi: gay amiga
Me Deixa!: grito de guerra usado pela popular drag paulistana Alma Smith
Meda: Feminino de Medo. Usado como interjeição para algo que não é agradável
Me erra!: me larga
Melhorada: alguém que era uó e melhorou a personalidade. Alguém feio que deu um truque na feiúra
Meu Cu!: não estou nem aí
Meia-Bomba: pênis que não conseguiu enrijecer completamente; o mesmo que frapê
Michê: garoto de programa
Michely: garoto de programa afeminado
Miguxo: pessoa uó que quer fazer a íntima
Milho: ferveção, fechação, bichisse
Modelão: roupa bonita ou ato de montar-se
Mona: mulher ou alguém muito afeminado
Monaocó: junção de mona com ocó (homem hétero), é o gay bem masculino, que não dá pinta
Mônica: derivado de mona, para designar amigos íntimos
Montação: o processo exagerar nas roupas, para se jogar na noite
Montada: travestida, produzida
Mundinho: maneira como clubbers denominam seu universo de pessoas.

N

Naja: fofoqueira, intrigueira
Não estou achando: não estou entendendo ou suportando (alguém ou alguma situação)
Não estou podendo: não quero, não estou a fim
Não ser obrigado/a: ter algo melhor para fazer
Neca: sinônimo de pênis

O

Ocó: homem com jeito de homem
Olá Querida!: noitada onde você só faz social e não se atém a conversar com ninguém. Também usado como interjeição ao encontrar alguém que você não tem muito a dizer
Operada: Transexual (homem para mulher)
Odara: algo grande... imagine...
Otim: bebida alcóolica, drink
Oxanã (ou Xanã): cigarro.

P

Panqueca: 100% passivo. Bateu na cama, virou
PAM: Sigla para passivo até a morte (nem precisa explicar)
Pão com ovo: gay simples... pobre mesmo
Passada: chocada
Passar cheque: quando escapa um pouquinho de cocô no ato sexual anal; passar um talão: quando não é só um pouquinho
Passivo: O que é penetrado (gays)/a que deixa a outra tomar iniciativa (lésbicas)
Passivona: o mesmo que PAM; pessoa que só faz sexo na posição passiva
Pegação: sexo anônimo, sem compromisso
Pencas: muito. Ex.: comprei pencas de sapatos
Penosa: pessoa que não trabalha, dura
Picumã: peruca, cabelo
Pintosa: óbvia
Pirelli: enchimento feito de espuma que drags ou transformistas usam para dar formas femininas ao corpo
Pivô: dar meia-volta, como as modelos das passarelas
Playbicha: moço playboy mas que é gay
Playgay: circuito de clubes e bares dos playbichas
Pochete: lésbica cafona
Poc Poc: gays novinhos e bem femininos. O 'poc poc' é uma onomatopéia do barulho que os saltinhos dos sapatos desses moços fazem na pista
Podre: pessoa, fato ou local ruim

Q

Quebrar louça: quando duas bichas transam
Quá-quá: bicha mulher
Queen-Size: aquele ou aquela viciado em bem-dotados
Queer: que se refere à cultura e/ou comportamento próprio da comunidade gay
Querida: usado para designar pessoas que gosta ou não, como deboche
R
Racha, rachada: mulher, vagina
Rebuceteio: troca-troca de namoradas entre as lésbicas
Ratoburguer: mau hálito
Rodrigues: situação de alguém casado (ou namorando) cujo/a parceiro/a está viajando
S
Sabão: esfrega-esfrega entre duas pessoas, sem penetração
Sair do closet: assumir publicamente a homosexualidade com estardalhaço
Sáfico: relacionado com lesbianismo. A palavra tem origam na poetisa Safo (séc VII a.c.) que tinha uma escola para mulheres jovens na ilha de Lesbos. Safo escrevia poesia, muita da qual se perdeu nos tempos, acerca das suas amantes femininas, que eram frequentemente estudantes na sua escola. Ela teve uma filha Kleïs com cujo pai pode ou não ter sido casada, havendo algum debate nesta questão
Sandália: a mulher da caminhoneira
Sarado: malhado, marombado, com bom corpo
Sapa, Sapata: curto para sapatão Sapatão: lésbica de aspecto masculino
Sapataria: aglomeração de lésbicas
SBP: expressão carioca que significa "Super Bicha Pobre", e designa pessoas mal produzidas que frequentam a noite
Se Jogar: cair de cabeça, entrar em uma situação ou ir a um lugar sem pensar muito
Simpatizante: pessoa heterossexual ou não definida sexualmente que frequenta ambientes predominantemente gays
Sissi: designa quem "está se sentindo"
Susie: aquele rapaz que malha bastante, tem o corpo legal mas não é grandão, bombado, não é barbie ainda.

T
Tá boa: quando você não acreditar em alguma história, é só dizer: Tá boa?
Tá meu bem: interjeição de espanto popularizada pela drag Dimmy Kieer
Tata: sabe aquela amiga que vive com o amigo gay? Então...
Tia, tiona: bicha velha
Tô Lôca!: expressão utilizada para expressar mau humor acompanhado de álcool ou drogas
Tô Passada: expressão de espanto
Tô bege: equivale a "não acredito, tô pasma, boba, plissada, passada, colocada...."
Tombado: caído, sem graça. Ex.: aquele bar tá tombado. Tá uó.
Tombar: falar mal de algo ou alguém
Transformista: o mesmo que Travesti. O termo "Travesti" costuma ser utilizado mais para prostituição, um Transformista apenas se veste com roupas do gênero oposto para espectáculos
Transsexual: uma pessoa que pensa ou se comporta de forma séria como se tivesse o corpo com o género errado. Muitas vezes (mas nem sempre) sujeita-se a uma operação de mudança de sexo. Os termos pré-operatório e pós-operatório distinguem os Transsexuais que fizeram a cirurgia de mudança de sexo dos que ainda não a realizaram. Um Transsexual Não-operatório é um que, por qualquer razão, não pode ou escolheu não ser operado
Trava: travesti
Travar: tornar-se travesti
Travesti: (em inglês: transvestites) homem que se veste e maquia ocasionalmente de forma a parecer uma mulher, note-se que ao contrário dos transsexuais um travesti (tb conhecidos por Crossdressers) não se consideram mulheres nem pretendem sê-lo. Muitos transsexuais são heterossexuais, e nunca fazem operações de mudança de sexo
Tricha: gay que já é mais que bicha, que dá muita pinta
Truque: mentira, enganação
Trucosa ou truqueiro: que dá truque
Trucón: o truque em si
Tudo: quando algo for muito bom. Ex. Meu modelo tá bom? E o amigo responde: Tá tudo bi!

U
Urso: Homem peludo, tb associado a homem de aspecto másculo ou gordinho
Uruca: mal-olhado ou fase ruim
Uó: (do bajubá) algo ou alguém ruim, feio, desagradável, desprezível, errado, equivocado
Under: diminutivo de underground
V

Venenosa: pessoa que faz veneno, que fala mal de alguém
Vitaminada: robusta, bonita
Versátil: Homossexual que gosta de ter tanto o papel de ativo como de passivo
Virar: passar da condição de heterossexual para homossexual ou vice-versa
Vuduzar: torcer para que algo dê errado.

X

Xana: sinônimo de vagina. Muitas lésbicas usam a forma carinhosa, Xaninha
Xepa: resto da noite, pessoa feia. Fazer a xepa: qunado você não ficou com ninguém na festa ou clube, o mesmo já esvaziou e só sobrou o resto e você insisti.

Z

Zalene: algo duro ou que esteja em processo de endurecimento... se é que me entende
Zoraide: bicha metida a clarividente; esotérica.

2012 chegou gente!!

Primeiro um boato de bomba no aeroporto do RJ, na verdade foi um vazamento de gás mas ainda não foi determinada a causa. O fato é que o espaço áereo da cidade do RJ (que pretende sediar uma olimpiada e ser uma das sedes da Copa do mundo) ficou fechado por quase uma hora.
Depois um atentado à uma escola em Realengo/RJ. Um atirador de 22 anos invadiu uma escola fortemente armado e saiu atirando. Matou 11 e feriu 22 de forma grave.
Aí eu soube que teve outro terremoto no Japão, quase tão forte quanto o primeiro, aquele que ainda está gerando problemas, principalmente nucleares.
Mas calma, ainda não acabou, teve um terremoto também no México.

E ainda não são nem 03:00 da tarde.

É 2012 que já chegou ou não?

Devemos fazer como a Britney e dançar até o mundo acabar?


Hein? Já pode pegar uma espaceship pra outro planeta?

É o que tem pra hj.

P.S.: Assim que meu irmão voltar do selviço eu peço pra ele fotografar minha tatuagem pronta e posto aqui.

terça-feira, abril 05, 2011

Ok, e utilidade disso qual é ???

Eu sou muito distraída, consequentemente, tenho uma memória ruim. Hoje veio aqui no apt a grávida do 2.º andar pra falar sobre o aluguel da garagem e depois de ela dizer o nome duas vezes eu falei: "Desculpe eu esqueci o seu nome...". Teve uma vez eu tava chegando no posto lá em PP e de repente do nada surgiu uma menina e veio na minha direção falando meu nome com os braços abertos, até aquele momento eu achava que tinha boa memória pra pessoas e ruim pra nomes. Lembro dela me abraçando e minhas amigas atrás fazendo mímicas pra me perguntar quem era e eu respondendo por mímicas que não fazia ideia.


Hoje eu tava indo no wc no cursinho e uma menina passou por mim usando um perfume, na hora eu me lembrei da Deni, irmã da Lú minha amiga de infância. Nós estudamos juntas de 1984 à 1987. A Deni morava em Novo Hamburgo e vinha nas férias. Ela usava um perfume do O Boticário, Annete, o mesmo que a menina de hj tava usando. Como eu posso ter certeza, falei com Deni no facebook e comentei que tinha me lembrado dela qdo senti o cheiro e achava que era esse o perfume, e ele confirmou espantada com minha memória olfativa.

Tem noção, eu me lembrei da Denise na hora que senti o cheiro, tipo 28 anos depois. E eu não a via com frequência, só nas férias, hj ela não usa mais esse perfume e eu não vejo a um tempão.


Aí eu comentei com a minha avó sobre o assunto e ela me lembrou outro episódio. Quando eu era bem pequenina, tipo com um ou dois anos, minha mãe comprou um vidro de essência do famoso Chanel n.º5. Ficava em cima de uma penteadeira no quarto dela. Como eu sempre fui meio viada, era só ela dar uma saídinha e eu corria usar tudo que ela tinha: vestidos, sapato de salto, maquiagem, perfume. É eu sou assim desde que nasci, I BORN THIS WAY. E numa tentativa desesperada de alcançar o perfume (eu tinha pouco mais de dois anos, devia ter uns 40 cms de altura no máximo, kkk) eu derrubei o vidro todo no chão... de carpete... de um apartamento. Eu acredito que esse apartamento deve feder a chanel até hj. Bom, aí um dia eu tava no shopping china experimentando e escolhendo perfume e resolvi cheirar esse danadinho. Quase gorfei, fiquei enjoada na hora, achei um horror. Memória olfativa, né, pq acho difícil que só eu no planeta todo ache esse perfume repugnante. Infelizmente...

É o que tem pra hj.
#bjmeliga.

Quase uma gay...

Agora quando eu digo que sou viada ninguém vai poder me contradizer, hahaha, fiz um teste pra saber qual é o sexo do meu cérebro e de 1 à 20, deu 11, ou seja, uma BICHA (conclusão minha, é claro, kkkkk).
Vejam a imagem:

At first I was afraid, I was petricfied
Kept' thinking I could never live without you by my side...

É o que tem pra hj
#bjmeliga

segunda-feira, abril 04, 2011

Oh my god! Oh my god! Oh my god.......

Tô vendo todo dia no twitter umas msg de prêmio assim: "Eu quero a bolsa da Mulher Maravilha!!! SIGAM @ e @ RT Let's Go!!" mas como sempre vejo no celular, nunca tentei abrir o link. Aí hj calhou de eu ver no computador e abriu esse link da loja unik, vou resumir pra vcs, vejam a imagem e chorem comigo:

Agora me diz, COMO É QUE EU VOU VIVER SEM TER ESSA BOLSA ESCÁNDALO??

EU QUERO A BOLSA DA MULHER MARAVILHA, NOW, COMOFAZ???

Vou alí no cantinho chorar...
Fui.
#bjmecompraumabolsaemeliga

Num tô intendenduu...

Primeiro quero ressaltar que eu não acompanho a vida dos sertanejos tampouco a da Xuxa, por isso não sei se tão namorando, se tão ficando, se tão só se pegando ou se tão fingindo amizade. Ok?

Mas a pergunta que não quer calar é outra:

"O Vitoreleo tá pintando o cabelo de cinza pra ficar grisalho e parecer mais velho que a Xuxa ou eu tô louca e ele sempre teve o cabelo assim? Ahã, ahã??? "

Temquevêissae...
Aliás, a Xuxa está esquisitíssima nessa foto. Ops, quer dizer, mais que o normal, né? Kkkkk.

É o que tem pra hj.
#bjmeliga

domingo, abril 03, 2011

Wagner Moura rules.

Ontem eu fui ao cinema e assisti "VIP's", a única coisa que eu sabia sobre o filme eu li nesse post, da Dry di Moraes, pro blog eucapricho da Luiza. Fui na fé e na confiança e não me decepcionei.


Eu já achava o Wagner Moura um puta ator, agora tenho certeza de que ele é o melhor da sua geração, mesmo!
Durante umas cenas (com c pq eu fui alfabetizada em português), em que ele faz o meiguinho, eu fiquei pensando: "Ele me lembra outra pessoa... , mas quem?".
Ai de repente veio o estalo, olha só e vê se não parece:

Clones?
Gente, num é a cara de um o focinho do outro? Eu achei e parece que não sou a única, tem um monte de referência a essa semelhança na internet, kkkk. 
Bom por hora deu, eu tô baixando The Big Bang Theory na internet e tá tudo meio lento aqui.

É o que tem pra hj.
#bjmeliga.

sábado, abril 02, 2011

Bazinga...

Acordei cedo porque eu tenho que ir lá na escola de inglês pra resolver minha saída. Detalhe, hoje é sábado e eu tinha (do verbo não tenho mais) uma feijoada pra ir.
Mas deu tudo errado. Primeiro eu tinha que ir de manhã na escola, entre 10 e 10:30 h, mas como nós íamos pra feijoada 12:00 h, só daria tempo se passassem aqui pra me pegar. Mas apesar de ser esse o padrão e o fato de que pra ir para o Tatuapé, tem que pegar a Dutra e passar perto de onde eu moro, aparentemente não era possivel passar por aqui. Eu teria que chegar de lá depois de Cumbica, me arrumar (poque né? Não dá pra ir em um compromisso de trabalho do mesmo jeito que vou numa feijoada com pagode) e ir até a casa da minha prima. Nada razoável e cronológicamente impossivel. Mas não houve como convencer a minha carona de que eu não chegaria a tempo e que seria mais fácil me pegar aqui. Acho que eu tava sendo muito folgada, afinal eu já tava de carona né? Se eu soubesse o endereço do lugar ía de ônibus qdo chegasse e pronto, mas nem isso eu consegui, só sei que é no tatuapé. Resumindo não vou mais. Agora a pouco eu recebi uma mensagem via celular da escola, pedindo que eu fosse lá depois das 13:00, ou seja, de qualquer jeito minha feijoada ía gongar...
Sabe do que mais, vou no cinema.
É o que tem pra hj, ou por enquanto, pq tá muito cedo pra encerrar as atividades.
#bjmeliga.

sexta-feira, abril 01, 2011

Um video pra ilustrar como o seriado é legal.

Raj apareceu na People magazine e os outros falam para o Sheldon que ele deveria ficar feliz pelo amigo, e ele diz que não está então eles mandam ele fingir:


Eu adoro Sheldon, ri muito com essa cena.

#bjmeliga

Dicas de presente pra Lalá.

Hoje eu vou dar início a um novo tema aqui no blog, vou dar dicas de presentes pra mim. Hehehe! Isso mesmo amiguinho, se algum dia vc quiser me dar um presente (20/06, 25/12, hoje, amanhã...) aqui vão ter dicas valiosas. Na verdade não só de presentes pra mim, mas pra qualquer pessoa doida que nem que eu.
Aprecie sem moderação.
Eu gosto de ganhar filmes, mas filmes bons, ou como na opinião da minha prima, "aqueles filmes chatos que só eu curto", bom, opinião é que nem bunda, né? Cada um tem a sua. Também AMO seriados, do tipo SitCom mesmo. "Friend", "Gossip Girl", "True Blood", entre outros, pode me dar o box completo ou só uma temporada que eu fico feliz, hehehe.
Hoje vou apresentar pra vcs minha nova paixão: "The Big Bang Theory".


The Big Bang Theory é uma série de tv americana produzida pela warner, que estreou em setembro de 2007. Situada em Pasadena, Califórnia, a história é sobre dois prodígios da Caltech: um físico teórico (Sheldon Cooper) e um físico experimental (Leonard Hofstadter), que moram do outro lado do corredor de uma atraente garçonete loira com aspirações para show-biz (Penny). A "nerdeza" e o intelecto puro de Leonard e Sheldon são comicamente contrastados com as habilidades sociais e o bom-senso de Penny. Dois amigos igualmente nerds que estes possuem são Howard e Rajesh, e também são personagens principais.


Sheldon Cooper
  
 Sheldon, físico teórico com doutorado em Teoria "M", ou Teoria das Cordas, possui um Q.I de 187, é o melhor amigo, colega de apartamento e de trabalho de Leonard. Sheldon é um personagem marcante devido às suas várias manias, que podem ser consideradas sintomas da Síndrome de Asperger ou Transtorno Obssessivo-Compulsivo. Sheldon possui uma maneira peculiar de fazer piadas, utilizando a palavra "Bazinga" para dar tom de ironia às suas piadas. Além disso ele é o único personagem da série que não dá importância para as relações sociais.Ele impõe uma regra de convivência que chama de "STRIKES"; cada vez que alguém faz algo que vai de encontro a suas regras, como Penny fez na segunda temporada ao tocar em sua comida, a pessoa comete um "STRIKE". Ao completar três "STRIKES", esta pessoa estará fora de seu grupo social por um ano, ou até assistir a uma aula sua sobre as regras de convivência com Sheldon Cooper. 
Penny

Penny é a vizinha de Sheldon e Leonard. "Cobiçada" por todos os personagens (com exceção de Sheldon), na primeira e segunda temporada, Penny saiu algumas vezes com Leonard, mas os encontros, por algum motivo, não foram bem-sucedidos. Eles namoraram na terceira temporada. Natural de Omaha, Nebraska, sonha em ser "atriz/cantora", mas acabou por trabalhar em uma lanchonete chamada Cheesecake Factory.


Leonard Hofdtanter

Leonard se demontra interessado pela vizinha Penny no primeiro capítulo da série. Trabalha como físico experimental na Caltech e divide apartamento com Sheldon Cooper. Nascido em Nova Jersey, é filho de uma fria neuropsiquiatra e de um antropólogo. Teve uma infância difícil, pois recebia poucas demonstrações de afeto dos pais e era sempre muito cobrado nos estudos.Tem dificuldade em se relacionar com mulheres. Leonard possui PhD e apresenta 173 de QI. Apesar de ser muito inteligente, Leonard não possui grandes trabalhos acadêmicos, motivo pelo qual é eventualmente ridicularizado por Sheldon, ele sofre de miopia e intolerância à lactose. 

Howard Wolowitz
 Howard, ou "Wolowizard" (seu apelido na internet) é o único dos quatro amigos que não tem doutorado (sendo constantemente alvo de piadas por isso), possui "apenas" mestrado em engenharia. Trabalha no campo da engenharia espacial. Mulherengo, e sempre dando cantadas em Penny, ele é um fracasso em relacionamentos. Em um episódio, Penny dorme com a cabeça encostada em seu ombro e a foto é colocada no perfil do Facebook de Howard com os dizeres "Eu e minha namorada". Na terceira temporada, tem uma namorada chamada Bernadette.Howard é fluente em mais cinco idiomas: francês, mandarim, russo, árabe, persa e na língua criada pela série de TV Star Trek, klingon.Howard é extremamente alérgico a amendoins. Ele se orgulha de possuir apenas 3% de gordura corporal, o que Raj diz fazer com que ele pareça uma asa de frango. Howard se descreve como um romântico, embora freqüentemente faça comentários sexuais e, de acordo com Penny, nojentos. 

Rajesh Koothrappali

 "Raj", como é carinhosamente chamado pelos amigos, é o melhor amigo de Howard, doutor em astrofísica e também trabalha no departamento de física da Caltech. Originário da Índia, Raj não consegue falar com mulheres (e, segundo ele, com "homens afeminados"), a não ser quando está sob efeito de alguma bebida alcólica,  e um especifico drink chamado Grasshopper. Ele sofre de uma patologia conhecida como mutismo seletivo. No episódio 17 da segunda temporada, Howard descobre que Raj está bebendo uma cerveja sem álcool e pode estar sofrendo algum tipo de efeito placebo ao falar com Summer Glau sem os efeitos causados pelo álcool na bebida.





Então ficamos assim, se alguém se habilitar a me dar um ou mais temporadas dessa série, é só avisar pelos comentários que eu envio o endereço, ok?

É o que tem pra hj.
#bjmeliga