sábado, maio 14, 2011

Uma princesa, duas princesas...

Era uma vez, um reino muito distante chamado Coxim, onde vivia uma princesa. Ela era diferente das outras princesas de lá, tinha um estilo diferente, mas era feliz. Um dia ela montou em sua carruagem e foi viver no reino de Dourados. Foi lá que eu a conheci. Seu nome, Luanda. A mina mais rock'n roll do MS, sem dúvidas. Quando eu a conheci tive certeza de que ela era de São Paulo (preconceito meu admito, em terras sertanejas também nascem roqueiros). Nós não convivemos muito, mas sempre que nos encontramos foi muito divertido. Foi ela que me apresentou ao S.O.A.D. (gracias). Lembra do "♫ Uh! Passarinho!!♪"?
Alguns anos se passaram sem que eu tivesse notícias de Luanda. Mas eis que a internet nos reaproximou e agora eu posso saber de sua vida e de sua pequena princesinha Katalin.
Esses dias eu vi o seguinte comentário no facebook da Luanda:

 "Minha filha Ñ se chama mais Katalin, ja tem duas semanas que o nome dela tinha mudado p/ Sid (do desenho Sid o cientista) e agora p/melhorar tudo ñ quer tirar a roupa da branca de neve e só responde se a gente chamar ela de SID DE NEVE.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ( o pior é que eu acho legal)".


Sid de Neve, ex-Katalin

Achei simplesmente genial. Nesse comentário pude perceber o quanto essa menina, a princesa Sid de Neves (ex-Katalin) tem potencial para ser feliz. Como ela tem uma das coisas mais importantes para a formação de um caráter, liberdade. Fiquei encatada. É claro que um dia (talvez hoje mesmo) ela vai enjoar da roupa de Branca de Neve e do nome que escolheu, isso se chama crescer. Mas ela já sabe que pode fazer suas escolhas livremente e que terá o apoio da familia sempre. Ela pode até não ter a dimensão do que isso significa, mas ela poderá errar, quebrar a cara que sempre terá força e coragem pra tentar de novo, sabe por quê? Porque ela aprendeu a escolher sozinha. Não foi proibida só por que não era "adequado". Está aprendendo a experimentar e escolher, a ousar. Parabéns Luanda. 


Katalin e Luanda (marca registrada-olhão preto)

É o que tem pra hj.
#bjmeliga